top of page
Buscar
  • Foto do escritorLeonardo Romano

Como encontrar o modelo de uma aeronave em um CST aprovado?

Olá amigo da aviação,


Você encontrou um CST para o equipamento que você deseja instalar, mas não sabe se é aplicável ao modelo da aeronave?


Ou ainda, viu no site da ANAC que é aplicável a alguns modelos de aeronaves, mas não encontrou a que você queria?


Como falei no blog anterior, sobre Como encontrar qualquer CST no site da ANAC, essa pesquisa no site da ANAC é um pouco confusa e preparei esse texto complementar, para te ajudar a entender um pouco mais sobre esse assunto.


Continuando o texto anterior...


Afinal, minha aeronave pode instalar um Garmin G5, ou não?


A título de exemplo, vamos considerar uma aeronave de modelo CESSNA 172P.


E como vimos no exemplo do artigo anterior - clique aqui para acessar - vamos considerar o CST nº 2017S04-02, para instalação do GARMIN G5.


Primeiro, você deve clicar aqui no número do processo, H.02-4823-0, conforme foto abaixo:


Figura 1 - Processo H.02-4823-0, CST aprovado do GARMIN G5 na ANAC.

Na sequência, na página do processo em questão, você deve procurar pelo número do CST e clicar nele: CST nº 2017S04-02.


Figura 2 - Acessando o CST aprovado nº 2017S04-02 do GARMIN G5.


Atenção para não cometer esse erro!


É muito comum chegar nessa etapa e já procurar pelo modelo da aeronave na tabela abaixo. NÃO FAÇA ISSO!


Muitas vezes, essa tabela não está completa e/ou não foi atualizada, então o jeito certo é verificar dentro do arquivo do CST...


Figura 3 - Não cometa esse erro verificando o modelo da aeronave por aqui.


Como expliquei acima, clique no número do CST - 2017S04-02.


Agora que acessei o CST do GARMIN G5, o que fazer?


Verifique a folha de rosto do CST para ler a descrição da modificação, e aproveite para verificar se há algum tipo de limitação imposta.


As limitações podem estar relacionadas a um modelo específico de aeronave, número de série ou números de série específicos, formas de instalação de um equipamento, interfaces, etc.

Figura 4 - Acessando o CST aprovado do GARMIN G5.

Avançando - as instruções são para continuar no documento para verificar a sua aplicabilidade. Então, avançamos diretamente a página 3, e por lá vamos destacar algumas limitações e condições especiais do GARMIN G5.


Figura 5 - Limitações e condições para instalação do GARMIN G5

É importante destacar aqui algumas limitações e condições para instalação do GARMIN G5, tais como:


V - A GARMIN deixa claro que para instalação do GARMIN G5 você deve manter os seus indicadores mecânicos de velocidade, de altitude e de velocidade vertical. Quaisquer instalações do GARMIN G5 em configuração diferente das aprovadas no CST nº 2017S04-02, como por exemplo, a instalação de um GARMIN G5 como um instrumento eletrônico standby.


VI - Para instalações do GARMIN G5 em aeronaves com aprovação IFR:

- Se o GARMIN G5 for instalado como equipamento primário, na função de horizonte artificial, o seu indicador de turn and bank, deverá ser mantido.

- Se o GARMIN G5 for instalado como um indicador de turn and bank, o indicador primário de horizonte artificial deverá ser mantido.


VII - Para instalações do GARMIN G5 em aeronave apenas com aprovação VFR, o GARMIN G5 pode ser instalado como horizonte artificial e como indicador de turn and bank, sem a necessidade de manter os equipamentos existentes de mesma função.


Na sequência, vamos avançar para a listagem com todos os modelos aprovados pelo CST nº 2017S04-02, para instalação do GARMIN G5 e verificar se de fato, podemos fazer a instalação na aeronave de modelo CESSNA 172P.


Figura 6 - Verificando se o GARMIN G5 pode ser instalado no CESSNA 172P.


De acordo com a listagem do CST nº 2017S04-02, o equipamento GARMIN G5 pode ser instalado no CESSNA 172P, por ele estar compreendido na listagem de modelos aprovados.


Observe, no entanto, que há uma limitação adicional para esse grupo de aeronaves, e é requerido que vejamos a limitação 3. Vamos lá.


Figura 7 - Limitações adicionais para instalação do GARMIN G5 em CESSNA 172P.


Para encerrar nossa análise, a limitação adicional de número 3 exclui as aeronaves que estão equipadas com o equipamento GARMIN G1000.


Conclusão da nossa análise do GARMIN G5 para o CESSNA 172P:


Vimos nessa análise bem detalhada que se você possuir um CESSNA 172P, que não esteja equipado com o GARMIN G1000, você poderá instalar o equipamento GARMIN G5, nas funções informadas acima.


É importante ainda, verificar se sua aeronave é aprovada para condições VFR ou IFR, para que a instalação seja feita respeitando as limitações impostas pelo CST.


Ficou com dúvidas ainda sobre as limitações para instalação do GARMIN G5, ou então, sobre a aplicabilidade para sua aeronave, ou ainda, o seu modelo de aeronave não está na listagem do GARMIN G5?


Quero instalar um G5 para fazer PBN/RNAV


Muitos operadores têm instalado o GARMIN G5/HSI + um GPS (GNS430 / GNS530 / GTN650 / GTN750) para poder realizar procedimentos PBN/RNAV.


É uma ótima opção, e mais em conta também (não só para adquirir o equipamento, mas também por ele já ter certificação da própria GARMIN).


Se quer voar PBN/RNAV na sua aeronave e não sabe o que é preciso, me chame aqui e vamos conversar a respeito, vamos te ajudar a economizar tempo e dinheiro.

Voe de forma segura e certificada com a November Aviation.


Um forte abraço e bons voos!


Leonardo Romano

Engenheiro Aeronáutico

Diretor da NOVEMBER Aviation

(31) 98364-8815

366 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


logo november atualizada-2.png
bottom of page